Uma alma

10:35:00

Uma alma com pavor é capaz de tudo
Uma alma abandonada não tem o que perder
Uma alma triste esconde-se no escuro
Uma alma solitária deseja morrer.

Vê-se cordas em árvores,
cortes nos pulsos.
Remédios e comprimidos,
água para se afogar.
Vê-se prédios altos,
torres,
vê-se algo no céu
de que possa se jogar.

Na neblina escura a vagar,
sem rumo, sem casa
sem um lugar para estar.

Sozinho se vê, e não há como voltar...
Os problemas a noite vem nos pegar.

                          -Daiane C Silveira

You Might Also Like

2 comentários

  1. Que tenso Daiane! >.< levemente trevoso, nunca mais li um poema trevoso. Ficou muito legal!

    ResponderExcluir

Estarei respondendo em breve ♥

About me

Todos os textos assinados com "Daiane C Silveira", são escritos por mim, assim sendo, não podem ser copiados a menos que se identifique o autor.
Não copie isso é CRIME!

TOTAL DE VISUALIZAÇÕES DA PÁGINA

CRÉDITOS

Algumas imagens aqui utilizadas não são de minha autoria. Nesse momento: A imagem da página contato, e o layout. O autor do template consta no rodapé, e o autor da fotografia não encontrei o nome para dar-lhe o devido crédito.
-Daiane C Silveira