Se lembra?

12:30:00


Quando passávamos as tardes conversando no telefone, nunca te disse, mas imaginava como você estava do outro lado da linha.
Eu via seu sorriso, seus olhos se fechando, sua cara debochando de mim...
Naquele inverno frio, via tardes alaranjadas e a brisa gelada batia no rosto... Queria te ter por perto em um abraço.
Quando estávamos juntos, media meus movimentos, cada gesto e cada palavra para não te magoar.
Lembrava incessantemente daquela noite fria.
Lembro do sonho.
E de um diálogo premeditado na minha mente mesmo antes de te conhecer.
De um passeio que me levou a via-láctea e me trouxe de volta, último sorriso que dei.
Mãos dadas por aí, isso era tão grandioso pra mim...
Tão grandioso porque eu não conseguia segurar sua mão, mas, depois de um tempo não queria mais soltar.
No fim, meus sonhos bobos foram ficando distantes...
Sonho de tomar sorvete e fazer piquenique.
Não entendo porque estou chorando tanto ao escrever isto. Você não vai ler, e se ler não vai se importar.
Eu aceitei a situação, só me dói não ter feito tudo o que poderíamos fazer.
Me pergunto se fui feliz... Fui, mas não o bastante... Poderia ter sido mais.
Tem outras felicidades batendo em minha porta, vou permitir que entrem.
E de tantas mágoas acabei adormecendo aquilo que havia...
Mas as lembranças... ahh elas ficam.
Imagino um dia, vendo as fotos e lembrando de tudo, como agora... As conversas no portão, a lua enorme...
Finalmente pude entender que a vida segue, mas as lembranças, essas param no tempo.
E minha mente faz questão de apagar as ruins e lembrar as boas.
Lembranças em forma de música, de letras e código binário.
Sensações que passam e vem em forma de deja-vu para nos atormentar.
O sonho que se tornou realidade, voltou a ser só sonho, e o dia-a-dia, recordações.


-Daiane C Silveira

You Might Also Like

2 comentários

Estarei respondendo em breve ♥

About me

Todos os textos assinados com "Daiane C Silveira", são escritos por mim, assim sendo, não podem ser copiados a menos que se identifique o autor.
Não copie isso é CRIME!

TOTAL DE VISUALIZAÇÕES DA PÁGINA

CRÉDITOS

Algumas imagens aqui utilizadas não são de minha autoria. Nesse momento: A imagem da página contato, e o layout. O autor do template consta no rodapé, e o autor da fotografia não encontrei o nome para dar-lhe o devido crédito.
-Daiane C Silveira