No fundo, ele ainda existe...

07:52:00



Não morreu, somente adormeceu
Está intocado há tanto tempo por ambas as partes.
Mas ainda está lá.
No mais profundo da minha alma.

Agora é imperceptível,
já não machuca e não dói.
Mas me lembra bons momentos.
Me trás sentimentos perdidos no tempo.

Já não existem tantas lágrimas
elas deram lugar ao meu sorriso...
E embora o futuro seja incerto,
acredito que dele faremos o melhor.

Me perdoe, é que a gente cansa...
Cansa de ser esquecida...
...e de chorar sozinha.
A tristeza vai adormecendo o que existe lá dentro...
Adormeceu...

"E com um beijo, a princesa acorda de seu profundo sono, abre os olhos e volta a amar..."



-Daiane C Silveira

You Might Also Like

8 comentários

  1. Que perfeito esse seu texto, me identifiquei muito. Parabéns pelas palavras e pelo sentimento demonstrado através delas. Adorei conhecer seu blog também, voltarei mais vezes aqui.

    Beijo e Sucesso!! =)

    Te convido a conhecer meu espaço: http://rejane-ferreira.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigada Rejane...
      beijos e sucesso para você também :)

      Excluir
  2. Meus parabéns amiga, estou sem palavras.
    É tão real que se torna triste, e eu nem sei se isso é bom ou não.
    Mas sabemos que a tristeza acorda às vezes e é sempre selvagem esse sentimento.
    Mais uma vez parabéns! :D

    ResponderExcluir
  3. Olá,Adoro poemas e contos.. Escrevo só pra mim ultimamente rsrs mais vou acompanhar por aqui!

    confira o meu blog, segue lá.

    Bjins

    www.mulherzinapoderosa.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. Poema interessante e romântico. E diferente ainda.

    ResponderExcluir

Estarei respondendo em breve ♥

About me

Todos os textos assinados com "Daiane C Silveira", são escritos por mim, assim sendo, não podem ser copiados a menos que se identifique o autor.
Não copie isso é CRIME!

TOTAL DE VISUALIZAÇÕES DA PÁGINA

CRÉDITOS

Algumas imagens aqui utilizadas não são de minha autoria. Nesse momento: A imagem da página contato, e o layout. O autor do template consta no rodapé, e o autor da fotografia não encontrei o nome para dar-lhe o devido crédito.
-Daiane C Silveira