Atemporal

12:33:00



Um tempo pra ler.
Um tempo pra ver, somente sentir o coração bater.
Um tempo atrás eu me recordei.
Com tempo pra tanto, agora nem tanto que até desencanto.

Num tempo que via, o sol nascer.
Com ares do dia ao anoitecer.
Cansada do tempo, que perco de vida,
com vida a perder.

O tempo que ela dançava nos trens,
o tempo que ele comprava buquês,
o tempo que eu via o céu arder,
o tempo que não voltará a volver.

De tempos em tempos eu espero você.
Te esperei pelo mesmo motivo de tempo a perder.
Agora me perco no tempo.
O tempo que vivia e aos poucos morria, e morrendo todos os dias, em vida te encontrei.



-Daiane C Silveira


You Might Also Like

2 comentários

Estarei respondendo em breve ♥

About me

Todos os textos assinados com "Daiane C Silveira", são escritos por mim, assim sendo, não podem ser copiados a menos que se identifique o autor.
Não copie isso é CRIME!

TOTAL DE VISUALIZAÇÕES DA PÁGINA

CRÉDITOS

Algumas imagens aqui utilizadas não são de minha autoria. Nesse momento: A imagem da página contato, e o layout. O autor do template consta no rodapé, e o autor da fotografia não encontrei o nome para dar-lhe o devido crédito.
-Daiane C Silveira