Caindo na Rotina

18:44:00



Segunda à Sexta: Ouço Candy Candy e o vibrar do celular... É hora de despertar.
Começa mais um dia na minha vida, um dia sem muita emoção pode-se dizer.
Tiro o celular do carregador (sim deixo-o carregando a noite pois não tenho tempo de dia). Olho para ver se não chegou nada por puro costume já que nunca chega nada essas horas da madrugada.
Bom nunca acordo na hora, sou meio lenta para acordar então acabo pegando coisas erradas e esquecendo muitas outras. Arrumo minha roupa e me arrumo também. Depois de tomar o café da manhã, pego minhas coisas e vou até uma praça perto de casa onde tomo o carro para o trabalho.
Daí em diante meu humor está mais para melancólico do que feliz.
Meu namorado liga (ele mora em outra cidade e nos vemos pouco) conversamos por cerca de uma hora e tenho que começar o trabalho.
Obs: Não vou falar do meu trabalho já que é a parte mais chata do dia, então vamos pular para a parte legal.
Saio do trabalho meio saltitante e com desejo de comer algo com catchup ou creme de avelã (sim todos os dias). Inclusive nessas férias engordei um pouco, algo que não gostei mas que logo se resolverá com a volta as aulas (não vou ter tanto tempo para catchup e creme de avelã).
Depois de tomar o carro pra casa ou um pouco antes meu namorado liga de novo (ou as vezes só mandamos mensagens mesmo) e ao chegar coloco a roupa mais confortável possível e “existível” e descanso um pouco. Hoje estou escrevendo, mas outros dias posso  brincar com a minha gata, ler ou assistir animes.
Inclusive pretendo começar Bleach hoje.
Bom, depois de algumas horas fazendo nada tomo um banho e me troco para dormir, claro que antes de dormir tem o jantar. Parte “plefelida” como costumo dizer quando quero ser kawaii.
Sábados e Domingos: Estou aprendendo a dirigir, isso limita a maioria dos sábados a aulas práticas de direção veicular (recomendo é bem emocionante). Acordo com o Candy Candy de novo, tomo um banho me troco e pego minha bolsa. Tenho que ir ao centro da cidade para tomar o ônibus até a cidade vizinha (exato, minha cidade não tem autoescola). Lá chegando, olho algumas lojas antes da aula e vou dirigir tentando não ser tão ruim.
O legal de ir até a cidade vizinha é que você acaba saindo da mesmice com as mesmas pessoas e mesmos lugares. Conheci lugares novos fazendo as aulas e isso foi bem divertido.
A parte não tão legal é que você perde o dia todo nisso, quando vou fazer aulas saio por volta das 7 horas de casa e chego as 15 horas. E ao chegar ainda tenho que limpar meu quarto e lavar minhas roupas (sou meio perfeccionista e prefiro eu mesma fazer minhas tarefas.)
Bom aí tenho que me arrumar, unhas, cabelos e coisas de menina. Não sou exagerada nem desleixada, diria que sou na medida.
Depois vem animes, leitura, estudos e etc. E depois dormir.
Nos domingos costumo ir à igreja de manhã e pela sétima vez na semana acordo com o Candy Candy. Vou até lá e depois volto para casa se tiver alguma tarefa pendente eu faço, ou se não tiver ouço música ou faço algo para me entreter. Normalmente faço isso no meu quarto, passo a maior parte do tempo dentro dele.
Nas noites de domingo fico deprimida, pois sei que segunda começa e eu ainda estou cansada...
Nesses últimos dias ando com saudades da faculdade e de algumas pessoas. Ando pensando nas mudanças que virão... Na segunda semana do ano a rotina se instaura como no ano anterior, somente com uma diferença... As mudanças estão mais perto e o fim de outro ciclo também.
Dentre os dias penso nesse ano...
Ano que a pouco começou.




-Daiane C Silveira


You Might Also Like

6 comentários

Estarei respondendo em breve ♥

About me

Todos os textos assinados com "Daiane C Silveira", são escritos por mim, assim sendo, não podem ser copiados a menos que se identifique o autor.
Não copie isso é CRIME!

TOTAL DE VISUALIZAÇÕES DA PÁGINA

CRÉDITOS

Algumas imagens aqui utilizadas não são de minha autoria. Nesse momento: A imagem da página contato, e o layout. O autor do template consta no rodapé, e o autor da fotografia não encontrei o nome para dar-lhe o devido crédito.
-Daiane C Silveira